MAPA oficializa sistema de mitigação de risco de cancro cítrico em São Paulo

abril 10, 2017 10:00 am

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) oficializou o sistema de mitigação de risco para o cancro cítrico nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, em publicação no Diário Oficial da União (DOU), na última segunda-feira (27).

Os estados de Minas Gerais e Roraima foram reconhecidos como área de erradicação ou supressão da doença. E os municípios de Alenquer, Belterra, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Prainha e Santarém, do estado do Pará, como área livre de cancro cítrico.

O sistema de mitigação de risco (SMR) prevê a adoção de medidas de manejo do pomar que colaborem com a prevenção da chegada da doença ou com a manutenção da incidência de cancro cítrico em níveis baixos. Entre elas estão a adoção de tratamento preventivo com produtos à base de cobre, plantio de mudas sadias e de variedades mais resistentes, controle do minador dos citros, uso de quebra-ventos e destruição de frutos contaminados.

A adoção do sistema de mitigação de risco tem como objetivo a redução do potencial de contaminação da doença e a proteção de áreas livres da presença do cancro cítrico; a permissão do trânsito de frutos sem sintomas de áreas de ocorrência da doença e a exportação de frutos oriundos de áreas com a presença da doença para países que reconhecem o sistema de mitigação como medida fitossanitária.

Fonte: Fundecitrus

MAIS LIDOS

Tags:
    •        •        •        •    

VEJA TAMBÉM